A música que entrei para casar

Gente… se tem uma coisa difícil nessa vida de casamento é escolher as músicas que irão tocar durante a cerimônia! Tem música para entrada de padrinhos, entrada dos pais, do noivo, da noiva, música dos votos, na entrada de aliança, assinaturas e saída (ufa! acho que é isso).

É uma escolha difícil pois as músicas devem fazer sentido para o casal e emocionarem ao mesmo tempo. Outro dia vi um vídeo de uma noiva entrando com o hino do Corinthians… Gente, ame o clube mas no casamento não dá né?! hahaha!

Por sorte eu e o Fábio definimos já de cara a música que entraríamos! Ele com Radiohead, sua banda favorita e eu com Florence and The Machine, minha banda favorita.

CP-35-800x534

Claro que em versões cantadas, as músicas podem não aparecer realmente muito de casamento e buscamos alternativas mais orquestras para essas músicas. A do Fábio foi fácil pois é já um projeto conhecido de músicas da banda em versão orquestra:

Já eu tive que futucar mais o youtube por uma solução pois não era qualquer música da Florence que eu queria. Queria a música You´ve got the love que tem uma letra linda e representa o que eu sinto pelo meu maridão.  Uma parte da letra traduzida:

“Às vezes parece que o caminho é muito difícil.
E as coisas dão errado não importa o que eu faça
Agora parece que a vida é muita coisa
Mas você tem o amor que eu preciso para sobreviver”

Alémmmmm dessa música estar tocando no dia em que ele me pediu em casamento <3.

Achei algumas versões de outras músicas, achei algumas versões mais de órgão e depois de dias achei A versão mais linda de todas :D

Aiiii só de escutar ela de novo com o refrão alto, eu choro ahhaha! Aliás, escolhendo as músicas de toda a cerimônia eu chorei demais, ficava imaginando tocando… Que sofrência :P

No casamento eu já estava do lado de fora do Bistrô DuChamp dentro do carro escondida do Fábio que estava atrás de uma cortina esperando entrar. Quando escutei já a música dos padrinhos eu comecei a chorar desesperadamente e achei que não ia conseguir casar hahahaha, começou a rolar um tremelique e fiquei respirando fundo para não borrar a maquiagem. Foi bom pois quando entrei já estava mais calma e não chorei, nem capotei no chão (meu maior medo auheuhu). O único ruim é que entrei tipo rápido demais e não deu pra curtir muito a música, pressa pra casar né gente?! :P

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *