Convivendo com a intolerância à lactose

enfim-casada-lactose2

Oláááá meninas! Hoje vamos falar sobre minha realidade: Convivendo com a intolerância à lactose.

enfim-casada-lactose2

Eu fui diagnosticada com a intolerância em 2007 quando estava com vários enjoos e dor de cabeça. Procurei um gastro e conversando ele me perguntou com que frequência eu ia ao banheiro, falei que era meio presa e para soltar comia chocolate que ajudava. Já com essa resposta ele suspeitou e me mandou fazer o exame. Fiz e pronto, fiquei sabendo do meu probleminha (o exame já foi muito sofrido, passei mal, fui pra casa chorando de dor abdominal).

A real é que eu sempre achei normal ter intestino preso e achava que comer chocolate me soltava por causa da gordura. Nunca tinha percebido de fato outros alimentos com leite me prejudicarem. Eu sempre achava normal hahaha!

Mas afinal o que é intolerância à lactose?

A intolerância à lactose, também conhecida como deficiência de lactase, é a incapacidade que o corpo tem de digerir lactose – um tipo de açúcar encontrado no leite e em outros produtos lácteos.

Ou seja, meu corpo não produz a enzima lactase que é a proteína que quebra a lactose.

Vivendo com a intolerância à lactose

Após o diagnóstico o médico recomendou que eu não ingerisse NADA com leite. E assim o fiz, emagreci uns 2kg pois realmente cortar as comidas com leite ajuda, a maioria é tudo bem calórica né?!

Depois dessa dieta eu fui morar na Itália e lá eu chutei o balde e aproveitei a vida. Não senti muitos os efeitos pois encontrava lactase para vender no mercado :D

Hoje em dia eu tomo cuidado. Cada pessoa tem um nível de intolerância, o meu é aceitável, posso ingerir pequenas quantidades de produtos com leite sem passar mal. Com o tempo você acaba aprendendo o que não te faz muito bem.

Eu passo super mal com sorvete, não sei se é porque são líquidos ou se tem muita concentração de lactose, mas evito ao máximo! Sopas com creme de leite também me fazem mal, eu tomo pois adoro algumas receitas como a sopa de beterraba com creme de leite e a eslava, mas sei que logo irei passar mal.

O leite normal eu não tomo há anos, nem sei o que é isso mais hahahah! Hoje em dia no mercado já é possível encontrar diversos produtos sem lactose, incluindo o leite de caixinha :) Recentemente até o leite ninho lançou a versão sem lactose.

Em todas as receitas que levam o leite aqui em casa eu faço com o leite sem lactose.  Para o creme de leite existe a opção do creme de leite de soja mas eu achei muito ruim, continuo usando o normal mas é bem de vez em quando que faço receitas com creme de leite, tento substituir pelo molho branco feito com o leite sem lactose.

Eu sempre estou comendo algum doce pois sou viciada! Chocolate então… Mas por esse problema acabei preferindo chocolates com mais cacau, hoje em dia se como um Milka já passo mal e não me atrai o sabor por ter muito leite na composição.

O esquema é sempre cuidar, se em um dia almocei um strogonoff eu fico ligada e evito ingerir mais alimentos no dia. Não como pratos com leite em restaurantes, molhos brancos, de queijo… Evito o sorvete puro e em sobremesas (eu amo petit gateau mas como 2 colheres pequenas do sorvete que acompanha, o resto o maridão come ahhaha).

Manteiga eu uso normal, a quantidade é sempre pequena e não me faz mal (o mesmo vale para o requeijão). Queijos não como muito e agora já tem versão sem lactose que adorei <3

Os efeitos no meu organismo

A barriga incha e começa a produzir muitos gazes e começa a doer por conta dos gazes. Em casos mais severos tenho diarreia e enjoo.

Você sabia que: pesquisas mostram que 70% dos brasileiros apresentam algum grau de intolerância à lactose, que pode ser leve, moderado ou grave, segundo o tipo de deficiência apresentada. A maioria não sabe que tem!

O tratamento

Para quem tem intolerância à lactose é recomendável ingerir cápsulas com a lactase. Aqui no Brasil é preciso manipular mas lá fora é vendido até em mercado como eu comprava na Itália. Sempre que alguém conhecido vai para fora eu faço a encomenda. Também é possível comprar pela Amazon .

É chato? É! Mas é possível levar uma boa vida com a intolerância, sempre cuidando e respeitando o seu organismo :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *