Enfim, 30 – será que é isso que eu quero?

rsz_nature-fashion-person-woman

Mais um post da série inspirada no livro Enfim, 30! Hoje vamos falar de profissão. Há um capítulo no livro dedicado a esse assunto e tem um trecho: ” …É muito normal chegar aos 30 e sentir milhões de dúvidas em relação a sua vida profissional…”

Na verdade muitas pessoas nem sentem uma dúvida, elas simplesmente não querem mais fazer uma coisa e acabam naturalmente buscando outra. Ontem conversando com amigos de faculdade – detalhe nos formamos há 8 anos – e chegamos a conclusão que quase todo mundo não está mais trabalhando com design. Uma tem um hostel, um é artista, eu sou blogueira e por aí vai…

A verdade é que isso não é uma crise dos 30, acho que o problema maior está em escolher a profissão que você vai ser, muito cedo! Imagina que com 18 anos nós temos que decidir o que seremos para o resto da vida e aos 18 anos a gente não sabe de muita coisa né?! E muitas vezes já começamos a pensar nessa troca de profissão antes dos 30.

Eu estou muito em cima do muro. No momento me dedico ao blog e ao projeto do Quanto Custa Viajar mas pode ser que nada dê certo e eu volte a trabalhar como designer, ou pode ser ainda que eu resolva então fazer outra coisa.

Na época dos nossos pais a concorrência era menor, os trabalhos eram mais fixos e pagavam melhor e não existia essa coisa de internet, globalização, todo mundo com vontade de conhecer o mundo e não ficar preso num escritório. Hoje em dia é tudo mais diferente, dinâmico e talvez difícil.

Ainda não vi pessoas passarem por uma fase muito crítica de indecisão , então se você está começando a se sentir infeliz com o trabalho, com vontade de mudar, fique calma, é normalzão. Não é um processo que vai se dar de maneira fácil mas não é nada para ter desespero, deixa a coisa fluir :D

Eu estou deixando e vamos ver no que vai dar :D

10 thoughts on “Enfim, 30 – será que é isso que eu quero?”

  1. Engraçado você postar sobre isso porque ontem mesmo eu comentava sobre o mesmo assunto. Fui contar quantos alunos da minha turma de Jornalismo continuavam na área. De 20 alunos, contei apenas 4 atuantes.
    Creio que esteja certa, somos obrigados a escolher muito cedo e também não nos ensinam nada sobre mercado de trabalho e etc.
    Adoro seu blog, te desejo mais sucesso!!

    1. Pois é Niobe, nossa cabeça ainda muda muito dos 18 para os 30 né! O bom é que temos tempo para correr atrás :) Obrigadaaa bjsss =*

  2. Algo que me preocupa e muito e sempre que posso discuto a respeito com meu namorado. Estou chegando nos 30 e de repente quis mudar de profissão. Não sei se fiz certo, pois sei que se não der certo não teria muitas chances de voltar para o mercado de trabalho, mas ao mesmo tempo sei que não me sentiria bem se não tentasse =(

    1. É complicado, por um lado temos medo do financeiro mas por outro temos infelicidade e vontade de mudar, mas eu acho que com esforço tudo dá certo, pode demorar um pouco mas como dizem, as coisas boas não chegam fácil :) bjs!

  3. Amanda não sabia que o blog quanto custa viajar era seu. Ele é muito perfeito e cheio de informação, parabéns. E sim é normal dar essa depre de não saber que caminho seguir, to passando por isso agora :(

    1. Obrigada pelos elogios ao QCV :) Sobre a deprê de não saber o que fazer, vamos deixar pro ano que vem pra resolver isso né? ahahha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *