Minhas impressões do Japão

japao

Não faz muito tempo que voltei da minha viagem para o Japão e resolvi compartilhar algumas impressões que tive desse país tão diferente do nosso! Algumas blogueiras já fizeram isso como a Lia . Acho que por ser um país tão diferente a gente cria mesmo algumas impressões e quer compartilhar com quem ainda não foi pra lá.

1- O sushi é caro e estranho no Japão.

sushi_japao

Já começo o post com uma bomba. Sério, sushi lá muito caro, um prato com 10 peças é por volta de 25 dólares ! Fora isso, como vocês podem ver na foto, existem uns peixes muito diferentes lá, alguns deles são bem duros e outros com uma textura bem diferente do que estamos acostumados a comer aqui. O camarão por exemplo, por muitas vezes é servido cru!  Meu paladar estranhou muito e comemos sushi mesmo uma vez só no mercado de peixes em Tóquio.

Há uma opção que lembra um sushi desconstruído, onde vem o arroz (gohan) num potinho (chawan) e o sashimi (fatias de peixe cru) em cima. Essa opção é bem mais barata!

sush_japao_1

2- Os japoneses podem ser muito educados e muito mal educados ao mesmo tempo.

É loucura mas eu explico: quando a pessoa está prestando um serviço para você como atendente de hotel, vendedores em lojas e garçons, eles são super educados. Chega até ser engraçado pois quando você entra numa loja todo mundo (grita mesmo ahahha!) o Irasshaimase (tipo: bem vindo!). Eles te atendem bem, sempre com um sorriso no rosto e fazer um esforço danado para te explicar as coisas (sim, o inglês lá é complicado pessoal, mas dá para sobreviver). Ao mesmo tempo em que você está andando pela rua com uma mala enorme e o pessoal não desvia de você, esbarra, se vê você passando sufoco não ajuda…Eles na rua tentam evitar ao máximo conversas e qualquer tipo de interação com os outros. Vi várias vezes pessoas jovens sentadas em locais reservados para idosos não cederem lugar quando entrava um velhinho. Também vi 2x situações onde a pessoa deixa uma coisa cair na frente da outra e essa outra é incapaz de abaixar e pegar para a pessoa. Tipo?! Né?! A gente tem uma impressão de que eles são extremamente educados e respeitam os idosos mas não é beeeem assim!

3- Os doces japoneses são lindos mas sem gosto.

doce_japao

Gente, no Japão é muito comum ver lojas e lojas e lojas de doces japoneses que são basicamente a base de arroz e feijão! É bem diferente do que estamos acostumados. Eles trituram o arroz e o feijão e fazem umas massas/pastas meio gelatinosas e com isso montam doces lindos! Além disso as lojas também são maravilhosas, assim como as embalagens (os designers como eu PIRAM nas embalagens). O gosto não é ruim mas não tem muita graça sabe? São doces mais leves… Fiquei por muitas vezes morrendo de vontade de comer chocolate! E o pior, chocolate lá em barra assim é difícil de achar, o mais comum é o tal do Kit Kat de chá verde (que não experimentei pois ouvi falar que tem gosto de chá verde que é amargo) e os chocolates são a base de cereal, ficam parecendo mais uns cookies… É bizarro! A foto acima é de um chocolate desses de cereal, olha que embalagem LINDA!

4- As comidas são maravilhosas e super bem servidas.

Olha, tirando o sushi e algumas coisas que estranhamos no café da manhã, eu AMEI a comida e é o que mais sinto falta! Eu adorei os rámens que experimentei (em dias frios era ótimo) e adorei outros pratos muitos com tempurá de camarão. Se tinha uma coisa que eu não tinha medo era de comida lá, qualquer restaurante simples conseguia fazer uma comida maravilhosa! Fora isso, as porções são bem servidas, os rámens por exemplo geralmente vinham em chawans grandes e ainda acompanhava um chawan de arroz!

cafe_da_manha_japao
Café da manhã tradicional

comida_japao

5- Hashis e guardanapo

Se você não sabe comer com Hashi, vai passar sufoco no Japão. Lá é tudo com o pauzinho! Tudo! hahahah! Em alguns restaurantes eles já ficam guardados numa caixa em cima da mesa para você pegar. Então assim, tem que mandar ver a comida no hashi pois se você não sabe, vai ter que pedir garfo e faca e há possibilidades deles não entenderem em inglês, ai você vai ter que achar a tradução, fazer uma mímica ou mostrar uma imagem. Não tivemos esse sufoco pois sabemos comer com hashi mas passamos um rápido sufuco ao pedir gelo em um bar pois a moça não entendia o que era ICE hahaha! A sorte é que tinha um cozinheiro que estava na chapa da nossa frente que escutou e entendia.

Além dos hashis, outra coisa que eu achei engraçado foi o guardanapo. Na maioria dos restaurantes não existe a toalha quente que tem aqui em restaurantes japoneses. Eles servem um paninho molhado que vem embrulhado e aquilo serve de guardanapo. É bem difícil achar porta guardanapo nos restaurantes, você tem que ficar a comida inteira sofrendo com aquele paninho molhado (nem arriscamos pedir guardanapo para não passar sufoco ahahha!). Pegávamos guardanapo em McDonalds e guardávamos na minha bolsa para outros restaurantes hahaha!

6- McDonalds e Burguer King não são preferências

Falando em McDonalds, notamos que não existem muitos deles e nem Burguer Kings nas cidades como temos aqui no Brasil. Além disso, eles são sempre bem vazios, na maioria só com homens sozinhos lendo, usando celular ou computador.  Vai ver que é por isso que japonês vive muitos anos, eles passam longe de junk food!

7- Eles bebem muito!

Se os japas passam longe de junk food, ótimo! Mas longe de cerveja e saquê eles não passam não hahaha! Encontramos várias vezes na noite em ruas, vários japoneses (homens e mulheres jovens e mais velhos) bêbados! :D Uma vez encontramos duas moças jogadas no chão com uma cara de manguaça ótima hahaha! Também vários homens de terno rindo alto pela rua (acho que saem do trabalho e vão tomar uns bons drinks).

8-  Bares minúsculos

Uma coisa engraçada no Japão é que existem umas áreas de bares, são algumas quadras com vários bares e eles são minúsculos, de tipo caberem no máximo 10 pessoas e olhe lá!

Em Tóquio conhecemos a região Omoide Yokocho que fica aos pés dos trilhos do trem em Shinjuku. Lá tem comidas em pequenas porções, cervejas e saquês.

Omoide_Yokocho

E mais perto da parte mais louca de Shinjuku tinha a região do Golden Gai, onde os bares só servem bebidas. A maioria você paga uma entrada que é transformada  em consumação. Esses bares são BEM PEQUENOS mesmo! Não tiramos fotos dentro por discrição, mas acho que tem algum filme :)

golden_gai

9- A lei anti-fumo mais estranha que já ví

Os japoneses fumam pra cauaca! É engraçado que não se pode fumar em locais públicos nem ao ar livre! Existem nas ruas, regiões a céu aberto onde é permitido fumar. Ai ficam os japas tudo ali junto fumando. Algumas dessas áreas tem até tipo umas coifas para sugar a fumaça hahha! Então na rua você andando não esbarra com ninguém fumando, só nessas áreas onde é permitido.

Em bares e cafés é permitido fumar à vontade! Vai entender!? Vários restaurantes mais para bares que nós estramos tinha gente fumando, um saco comer com cheiro de cigarro né? Em alguns cafés e no McDonalds as áreas para fumantes eram dentro do local mas totalmente fechadas. Até em aeroportos, nos trens e estações de trem, existem áreas especiais para os fumantes.

10 – É muita tecnologia

maquia

Todo mundo sabe que o Japão é super avançado em questões tecnológicas, mas o que me deixou impressionada é que isso faz muita parte do dia-a-dia deles em tudo quanto é lugar. Máquinas de bebidas estão em todos os lugares (e tem de bebida quente pessoal!), máquinas para comprar tickets, máquinas para comprar comida (você escolhe na máquina o que quer, paga e só entrega o ticket para a pessoa preparar a comida), máquinas para guardar seu carro em andares e sua bicicleta também, máquina para lavar suas partes no banheiro… É uma loucura! Até o caixa de lojas e restaurantes é uma máquina que já cospe o troco certinho para você, sendo que tem uma pessoa operando aquela máquina, ela só não precisa ficar fazendo conta e contando o dinheiro heheh!

O Japão é muito louco, tem coisas meio perturbadoras mas posso dizer? MORRO DE SAUDADES! :)

Confira mais sobre a minha viagem:

Osaka

Hiroshima

Hakone

Nara

3 thoughts on “Minhas impressões do Japão”

  1. Õtima publicação! E tão raro encontrarmos experiências de brasileiros no Japão. Parabéns por escolher um país tão fantástico para visitar. Eu estive no Japão em 2011 e sonho em poder voltar.
    Eu estava sozinho e pedi várias vezes a estranhos para tirarem uma foto minha. Sempre atenderam meu pedido com simpatia apesar de ter pedido através de mímica. Somente o arigatô gossai mas no final. Ainda me lembro do sabor daquela folha na tigelinha que vc postou. Nossa, que delícia! Querida Amanda, muito obrigado pela matéria! Excelente trabalho! Abrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *