O que aprendi desses 30 anos

30

É meninas… amanhã é dia 14 e dia 14 é todo ano o meu aniversário (hahha)! E finalmente eu irei sair dos famosos 30 anos de idade, a tal crise dos 30, chegarei agora feliz e congelada nos 31 (com carinha de 20 vai?! ahaha). Andei pensando que poderia falar aqui o que aprendi desses 30 anos que já vivi e o que aprendi um pouco com a tal crise dos 30.

Na verdade eu já comentei nesse vídeo que não tive uma crise dos 30 anos, tive ela um pouco antes lá pelos 27 quando não sabia muito o que fazer com minha vida profissional, relacionamento e vida vida mesmo. Mas vale lembrar tudo o que aprendi até aqui:

1- As pessoas mudam. É, dizem que não mas as pessoas estão em constantes mudanças e eu me incluo nisso. Há uns 3 anos eu achava desnecessário a pessoa por exemplo ser vegetariana, hoje eu entendo perfeitamente as razões, respeito e até estou buscando uma vida assim! Também faz pouco tempo que comecei a tomar real consciência sobre o consumo e o desperdício que fazemos. Claro que sempre esteve no ar aquela ideia de que é bom ajudar o meio ambiente, mas recentemente eu comecei a perceber de fato que minhas atitudes não estavam colaborando para a sustentabilidade e estou mudando isso aos poucos, até comentei no blog aqui e aqui. Estamos em constante mudança mas essa mudança geralmente não vem porque outros querem ou pq vc mesma quer mudar, ela simplesmente vem! Então aprendam que as pessoas mudam e muitas vezes não é porque querem e nem percebem muito isso.

2- Ser adulto não é fácil mas é gostoso demais ver como conseguimos encarar desafios e nos tornamos adultos de uma hora pra outra. Ha gente…que bons tempos eram aqueles em que eu morava com meus pais e o meu dinheirinho era todo pra mim hhahah! Se você ainda é assim, aproveite muito ;) Ver seu dinheiro indo embora com diversas contas – que aumentaram pra kct nos últimos 2 anos por sinal – não é legal, você deixar de comprar/fazer algumas coisas que queriam para pagar a luz, o condomínio e etc é chato mas faz parte não é mesmo? A vida adulta tem dessas, tem também algumas decisões mais sérias que você tem que tomar, algumas situações mais sérias que você tem que contornar ou evitar e isso tudo faz parte do amadurecimento e de se tornar um adulto. E é legal você perceber que está tomando decisões sérias e sabendo lidar com isso. Parte da crise dos 30 anos é por conta disso, não saber direito como lidar com as coisas, mas nada como respirar fundo e pensar para ver que não precisa ser sempre uma tempestade em copo d´água, com serenidade a coisa anda

3- Curta sua família – eu sei que é básico isso mas vejo muita gente que não tem bom relacionamento com pai ou mãe ou irmão ou vó… enfim! É quando adulto que temos que resolver as divergências e curtir a família. Nunca passei por nenhum problema sério assim mas sei que a família é um pilar importante nas nossas vidas e são pessoas que nos amam e vão estar lá para tudo. Amigos vem e vão, alguns amores tb vem e vão e a família é que fica :)

4- Amar é bom, principalmente você mesma. Senti muito que parte do meu amadurecimento veio de aceitar como sou. Eu tenho noção de que não tenho o corpo que gostaria de ter, tenho noção que tenho uma certa personalidade forte que não gostaria de ter, mas sou assim e isso é difícil de mudar então vamos encarar e vamos nos amar mesmo com essas “imperfeições”. Quem gosta gosta e quem não gosta eu não posso fazer nada hahah! Vejo muitas pessoas tentando mudar pelos outros, se anulando ou agindo de forma diferente para agradar os outros…Aprenda a se amar, a se respeitar! Se você estiver com dificuldades ai então procure mudar, mas antes disso procure alguma ajuda para um melhor auto conhecimento :) Outra coisa sobre o amor é ver principalmente meninas da minha idade desesperadas por um amor (aliás, você que posta no facebook todo dia textos sobre relacionamentos, pare que tá feio, poste sobre amadurecimento pessoal, sobre a vida bela e não só sobre aquele amor que um dia irá chegar e que deve ser perfeito). Amar é bom, é! Ter alguém para compartilhar a vida é bom, é! Mas se amar primeiro de tudo. Se conhecer antes de tudo é a melhor coisa para entrar em um relacionamento. Tudo tem seu lado bom e ruim, ter um namorado/marido tem seu lado bom e ruim assim como estar solteira, então aproveite todo o lado bom de ser solteira ao invés de ficar apenas nesse desespero. Lembre-se que o que é pra ser, será! Pode só demorar um pouco pois cada coisa tem sua hora ;)

5- Curtir os simples momentos e coisas. Fui aprendendo agora depois de “velha” a curtir momentos mais simples como por exemplo ontem um fondue gostoso com meu marido aqui em casa. Assistir um filme legal, ver o lindo pôr do sol… Antes eu era meio de ficar feliz só com uma viagem bem legal, com presentes mais incrementados, diria que um pouco mimada nesse aspecto ahahha! Mas fui vendo a beleza de todas as coisas, principalmente da natureza heheh! Tem muita gente que já é assim mas eu demorei para aprender!

6- Busque o que te faz feliz. É uma busca diária e sem fim e buscar a felicidade é algo importante :) Estou sempre buscando o melhor para mim e você?

Bom… é isso, parabéns pra mim (hahah) e um beijão para todas as geminianas leitoras do blog!

2 thoughts on “O que aprendi desses 30 anos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *