Revender roupas da China

Muitas pessoas me procuram querendo saber dicas e como fazer para revender as roupas da China. O número de revendedoras desse tipo no país está aumentando cada vez mais,  revendedores informais estão crescendo no país.

É uma forma de ganhar dinheiro e ter seu próprio negócio. Alguns revendedores optam por vender porta em porta, algum montam pequenas lojas e outros vendem só pela internet.

Minha dica principal para quem quer começar no ramo de revendas de roupas da China é: tenha a roupa em estoque!  Hoje em dia muitos sites vendem as roupas mas ainda não as tem em estoque e isso é muito ruim para quem compra pois geralmente demora para vir o produto e ainda pode vir com defeitinhos.

Você comprando a peça, recebendo em casa e depois revendendo, é bem melhor pois assim você já tem a pronta entrega para o seu cliente, se vender no  mundo offline ele já pode experimentar e levar na hora. Fora que você sempre vai ter o controle de qualidade das peças, é sempre bom abrir o pacote e conferir tudo para não ter surpresas.

Para revender da China você pode ir comprando aos poucos nos sites como pessoa física mesmo. Em negócios mais informais como a venda porta-a-porta e em alguns sites como Airu e Mercado Livre.

Já se você quiser montar uma loja é interessante pesquisar sobre a compra de lotes, o Alibaba oferece contato direto com fábricas da China para quem quiser comprar em grande (container) quantidade, para isso você irá precisar do CNPJ e passar pela burocracia de venda de produto.

No Aliexpress você também pode comprar em lotes de 10-20 peças no pacote. Não precisa de CNPJ mas é sempre bom pensar no tamanho que esse pacote terá e pensar no risco que ele vai ter de ser taxado.

Sobre a questão de taxas para pessoas físicas (compradores-revendedores) dê uma olhada nesse link.  Infelizmente não sei como funciona o esquema de taxas para quem compra com CNPJ.

Segundo o site da receita federal, o limite para compras em sites internacionais é de 3 mil dólares americanos. Mas o site não especifica se é por pacote, mês… Pelo que entendi é por pacote (ou produto se você for comprar uma máquina cara por exemplo) pois é o pacote que eles taxam quando chega aqui no Brasil e não o valor do boleto, da fatura do cartão…

Caso você seja taxado no pacote: Na hipótese de utilização dos Correios , para bens até US$ 500.00 o imposto será pago no momento da retirada do bem, na própria unidade de serviço postal, sem qualquer formalidade aduaneira.

Quando o valor da remessa postal for superior a US$ 500.00, o destinatário deverá apresentar Declaração Simplificada de Importação (DSI)

No caso de utilização de empresas de transporte internacional expresso, porta a porta (courier) , o pagamento do imposto é realizado pela empresa de courier à SRF. Assim, ao receber a remessa, o valor do imposto será uma das parcelas a ser paga à empresa.  Isso acontece quando o pedido é enviado por UPS, FEDEX e outras transportadoras.

Para mais informações sobre compras na China como tamanhos, pagamento, formas de envio, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *